28.11.16

Dá um help: como esquecer o EX


Para enviar o seu pedido de ajuda, sobre moda, maquiagem, relacionamentos ou vida pessoal, é só enviar um email para "amantederimel@hotmail.com" com o assunto "Dá um help".

Como esquecer alguém

"Olá Vic, tudo bem? Estou escrevendo porque não consigo superar um grande amor. Estávamos juntos por quase 4 anos, éramos melhores amigos, confidentes, cúmplices e claro, amantes. Ele fazia de tudo por mim e eu, de tudo por ele. Até que um belo dia eu descobri uma traição. E foi aí que eu entendi que não era tudo tão lindo assim. Meu mundo desabou, não sabia o que fazer. Mas eu perdoei e voltamos. Descobri mais uma. Ficamos um tempo separados, mas ele jurou mudar e eu dei uma terceira chance. E novamente ele tinha outra. Já não aguentava mais!! Ficamos um mês longe, sem contato, conheci gente nova. Mas meu amor por ele venceu mais uma vez e voltamos. Então, faz 5 meses que eu descobri a última traição. Coloquei na minha cabeça que eu não precisava disso, e que por mais chances que eu desse, ele não iria mudar. Pois bem, aqui estou, sem ele mais uma vez. Só que com um porém: não consigo superar. Não tenho muitos amigos para sair porque dedicava meu tempo integral à ele. Não tenho ânimo de estudar, trabalhar ou fazer qualquer coisa porque tudo me remete à ele. Por mais que eu tente começar um novo hobbie, conhecer uma nova turma e aproveitar minha vida sozinha, eu não me sinto feliz. O que eu faço? Acho que ele não merece uma quinta chance, então por favor, me ajude! Bjs, N."

Você estava certa: VOCÊ NÃO PRECISA DISSO! Normalmente eu não diria isso, porque acho que perdão é algo extremamente pessoal e que cada um deve decidir por si até onde o seu deve chegar... Mas amiga, não foi uma vez só, foram diversas vezes em que ele pegou o seu esforço para perdoa-lo e jogou no lixo. Não vai ser fácil, quando a gente se acostuma com alguém ao nosso lado, ter que abandonar isso, principalmente quando ainda sentimos algo por ela, é extremamente difícil... Principalmente porque temos o terrível costume de pensar nas coisas boas que a pessoa era, ou que a gente achava que era. Toda vez que você sentir falta, deixe muito claro pra si mesma por que é que você está deixando ele pra trás e que dessa vez, você escolheu o amor próprio. 

Se dê o tempo necessário para curar, as vezes leva mais tempo do que a gente gostaria, mas você precisa respeitar a si mesma, continue fazendo o que você está fazendo: conheça novas pessoas, novos lugares, novos hobbies. Tudo passa N, a dor também vai passar!

Sentimentos confusos

"Oi Vic. Então, eu não sei o que está acontecer, eu simplesmente não sinto, ou melhor eu sinto mas não sei o que eu sinto, está tudo tão confuso na minha cabeça. Tão depressa sou a mais alegre, como me vou abaixo de uma maneira triste. Já não sei mais em quem confiar, já não sei como estudar, já não sei quem são os mesmo amigos, e com tudo esta situação eu mal consigo dormir. Como eu posso relaxar mais, mesmo com estas dúvidas todas? Sofia, 13 anos, Portugal. Beijos."

Oi Sofia, espero que você esteja bem... Provavelmente o que você está sentindo tenha muito a ver com a sua idade, lembro que nessa fase eu me sentia um pouco assim também, totalmente perdida!  É uma fase de descobertas, tanto das coisas ruins, tanto das coisas que te fazem bem, e não tem muito o que fazer, só vivendo para aprender... Eu acho que se você tem oportunidade financeira pra isso, procure um psicólogo, eu sempre digo isso para as pessoas porque acho que TODO MUNDO precisa de ajuda, pra realmente entender o que sente e a lidar com esses sentimentos. Uma dica? Toda vez que seu humor mudar ou algo estiver te afetando, converse consigo mesma, se pergunte o que fez você ficar dessa forma, no fundo, a gente sempre sabe, mas tem o costume de fugir... Um enorme beijo!

Onde me encontrar? Twitter | Instagram | Facebook

Um comentário:

  1. Passei pela mesma situação que a N recentemente. Há três meses terminei um relacionamento de três anos. Meu ex me traiu algumas vezes, perdoei todas, quase que inclusive a última. Sofri demais, ele não me levou em consideração, não lembrou de mim, não reconheceu meu esforço pra fazer nosso relacionamento ser bom. Sofri demais quando terminamos, cheguei sim a pensar em voltar, porque ele era, apesar de tudo, meu ponto de segurança, eu estava triste por causa dele e, ironicamente, era ele mesmo quem eu queria que me consolasse.
    Quando percebi que não merecia isso, que não era amor, e que eu era maravilhosamente foda, foi quando descobri que eu precisa de amor próprio, de mais tempo comigo mesma, de me reconectar com as minhas que estão comigo há mais de 10 anos, de fazer novas amizades, conhecer os lugares novos que abriram na minha felicidade e ser feliz sozinha, mas não tão sozinha assim.
    Amei muito mesmo, primeiro namorado e primeiro amor real. Não esqueci os momentos bons que passamos, mas foram os ruins que me fizeram seguir em frente. E adivinha só, tenho um encontro com um cara super bacana pra esse final de semana.
    Espero que você consiga ser feliz também N. Beijo.

    ResponderExcluir

Publicidade

SheIn -Your Online Fashion Sexy dresses

Publicidade

Romwe Fall Coats

Publicidade

Subscribe