9.6.16

Tudo é questão de tempo: passado, presente e futuro


Fui assistir “Alice através do Espelho” (uma ótima opção para aqueles que amam sair do nosso universo realista e ama viajar por aí) há alguns dias e várias ideias malucas surgiram em minha mente. O que é muito comum, ainda mais quando se trata de Alice. Não sei vocês, mas, sempre que vejo sobre o filme, sobre teorias e fundamentos, a minha mente cria um bolo impossível de desfazer.

O filme, basicamente, se desenvolve sobre um assunto: o tempo. E é sobre ele que escolhi escrever para vocês essa semana.

Antes de qualquer coisa, acho justo contar a vocês o que me levou a chegar à conclusão de que era isso que iria tratar. Durante o filme, Alice, diz uma frase que pode parecer até engraçada de tão obvia. Porém, eu que não me aquieto fiquei pensando nela e em tudo que podemos encaixar nela. A frase é o seguinte: “Você não pode mudar o passado. Ele sempre foi. Ele sempre será. Mas eu ousaria dizer, você pode aprender alguma coisa com ele...”.

O tempo somos nós e nós somos o tempo. Não há como fugir, não há como mudar, não há evidencias de transformações realizadas após aquilo que já ocorreu.

O tempo é loucura, inevitável, são todas as nossas fases. Nós somos ele e nada pode mudar. Somos fantoches do nosso próprio tempo, manipulados por cada segundo vivente.

Há quem diga que temos o poder de manipular o tempo. Será mesmo? Acredito mais na hipótese de que o tempo é que nos manipula. É ostensivo que somos submissos a ele e que dependemos dele a praticamente tudo.

Você não pode mudar o passado, mas pode aprender com ele. Você não pode mudá-lo, mas pode fazer um novo futuro. O futuro é o presente, não tem delimitações. E o presente? Ele existe?

Os acontecimentos, os momentos, as lembranças são apenas sinônimos do que dizemos passado. Todos tem seu lado bom e ruim, têm momentos que desejamos retornar para viver de novo, outros que pretendíamos voltar para mudar algumas coisas para que 1) acontecesse algo além do que houve 2) impedir que acontecesse o que já sabemos que aconteceu.

Faz parte da lei humana viver uma constante metamorfose, da mesma maneira que seu ego se transforma. Que sonho seria se pudéssemos impedir atitudes tomadas, se pudesse retornar no tempo e corrigir um grande erro ou se abrir mais para que acontecesse tudo diferente.

Seria muito bom, não é mesmo? Mas, já pensou se a gente fosse capaz de mudar tudo e deixar um sonho realizado? Provavelmente, não estaríamos aqui, não seriamos quem realmente somos, aprendizados não aconteceriam e muito provavelmente o nosso futuro não existiria.

Já dizia Engenheiros do Hawaii “Se eu soubesse antes o que sei agora, erraria tudo exatamente igual”. E esse deve ser nosso lema diário, se não fosse por nossos erros, arrependimentos e momentos perderiam nosso maior bem: nossa única e perfeita essência.

Temos o poder de aprender com o passado e construir um novo futuro. Nosso futuro é o nosso presente. Quem disse que não? O presente não pode ser marcado, o futuro também não, ao escrever uma só palavra, com o milésimo de segundo que se passou, o presente virou passado e o futuro virou presente. Embaraçoso? Talvez. Essa é a lógica.

O meu raciocínio ilógico se tornou lógico e vocês compreenderam. Talvez o presente seja apenas mais um nome ilusório como a maioria das coisas e das pessoas são.

Nossa existência é determinada pelo mais belo de todos: tempo, tempo, tempo. Desejas mudar seu passado? Pra quê? Não perca tempo, o presente já se foi e já está na hora de fazer um novo futuro. 


3 comentários:

Publicidade

SheIn -Your Online Fashion Sexy dresses

Publicidade

Romwe Fall Coats

Publicidade

Subscribe