20.6.16

"Outro dia" de David Levithan


Vocês sabem que o meu livro favorito da vida é "Todo Dia", já teve resenha do bendito por aqui e toda vez que eu tenho a oportunidade de falar sobre ele, eu falo. A questão é que recentemente foi lançada uma continuação dele, que na verdade é a mesma história contada pela visão da outra personagem principal, Rhiannon. 

Vou contar resumidamente, para quem ainda não conhece, a história: "A" não é uma menina nem um menino, elx tem 16 anos e habita o corpo de uma pessoa diferente todos os dias. Durante toda sua vida foi assim, sem amigos, sem família, sem paixões, afinal, tudo dura apenas 24h. "A" é extremamente cuidadoso(a) com todos os corpos que habita, elx toda o cuidado de não interferir nessa vida, a exceção acontece quando habita Justin o namorado de Rhiannon, por quem se apaixona. A partir daí, dedica seus dias a encontrá-la e provar pra ela, que apesar da vida que leva, os dois poderiam dar certo. 


O que fez eu me apaixonar totalmente pela versão "Todo Dia" era a desconstrução social que ele nos trazia, "A" viveu e viu demais para se prender a coisas pequenas e insignificantes como preconceitos. Rhiannon é uma pessoa normal, ela tem preconceitos e muitas limitações. Por isso acho que a minha parte favorita se perdeu no meio das alterações e eu me pegava ansiosa pelas partes em que "A" aparecia, porque ele é o/a divo(a) do rolê. 

Sendo bem sincera? Eu fiquei irritada e com raiva a maior parte da narrativa, porque a personagem que a conta é extremamente chata e sem atitudes. Mas o final me surpreendeu, e é claro que lágrimas escorreram pelo meu rosto. Lembro de ter amado o final da primeira versão, não foi um final ideal e muito menos feliz mas dessa vez eu me senti incompleta, como se precisasse de mais. Eu amo a atitude final de A, simplesmente porque ele faz o que pra mim é amor, aquele amor sincero de "quero que você seja feliz, comigo ou sem mim", mas Rhiannon conseguiu estragar tudo isso e me deixar sem reação com uma simples frase. 


Resumindo bem resumidamente? Foi incrível ver a minha história favorita sendo contada por outros olhos, simplesmente porque vejo beleza nisso, acho maravilhoso como as pessoas podem enxergar a mesma coisa de maneiras extremamente diferentes. Mas me identifico e aprecio muito mais a maneira de "A" de enxergar o mundo e por isso, e outros motivos, na minha humilde opinião a segunda versão nunca será melhor que a primeira. Porém, contundo, todavia, leia, não será perda de tempo. 


                                      Onde me encontrar? Facebook Instagram | Youtube

4 comentários:

  1. Você comenta tão bem de Todo Dia que vou ter que ler! Hehe

    ResponderExcluir
  2. Viccccccc, lembro que comentei contigo sobre esse livro e não é que você acabou lendo mesmo?
    Curti muito a história de "A" em "Todo dia" e tô super ansiosa agora pra ler esse <3
    Acho que a mesma história incrível sendo contada por outra pessoa deve ser maravilhoso!

    Beijo,
    Jaque
    www.jaquelinelima.com

    ResponderExcluir
  3. Fiquei curiosíssima pra ler esse e o outro livro, a história parece prender bastante e amo livros assim. Beijos Vic :*
    www.desencana.com

    ResponderExcluir

Publicidade

SheIn -Your Online Fashion Sexy dresses

Publicidade

Romwe Fall Coats

Publicidade

Subscribe