14.1.16

Você tem que ver "Black Mirror"


Você precisa. Comecei a assistir Black Mirror um pouquinho depois do Natal, logo depois de ver o vídeo de um youtuber a indicando e me apaixonei logo no primeiro episódio. É uma série inteligente, pesada, densa, que vai te fazer pensar muito e você provavelmente vai precisar de algum tempo para digerir cada episódio. Não espere por uma série leve, engraçada para apenas passar o tempo, se essa for a sua intenção, essa não é a sua melhor opção.

"Uma espécie de híbrido entre "The Twilight Zone" e "Tales of the Unexpected", Black Mirror explora sensações do mal-estar contemporâneo. Cada episódio conta uma história diferente, traçando uma antologia que mostra o lado negro da vida atrelada à tecnologia."

A série trata sobre os problemas da humanidade, principalmente atrelados a tecnologia, e como eles tendem a piorar. É extremamente pessimista e nossos defeitos são exautados, somos jogados na parede e forçados a perceber o nosso pior lado. Admito que chorei no primeiro episódio e precisei de um tempo para me recuperar, foi genialmente chocante. Talvez pareça horrível e eu esteja apenas te assustando, mas admito, isso tudo é o que me fez assistir todos os episódios desesperadamente, gosto de ver a realidade e os problemas jogados na minha cara, gosto de refletir, gosto de tentar solucionar. 


Cada temporada possui 3 episódios, de 40 minutos a 1 hora. A terceira temporada já foi confirmada, mas no momento a série conta com 2 temporadas e um especial de Natal. Todos os episódios são independentes, eles não continuam o anterior, a cada episódio conhecemos novos personagens, novas vidas, novos problemas. Quando ouvi sobre a série, achei tudo isso muito estranho, nunca tinha visto um estilo assim de série, mas quando comecei a assisti-la, entendi tudo. A série é perturbadora demais pra ter muitos episódios, você precisa de um tempo para não surtar. 

"Se a tecnologia é como uma droga – e ela parece com uma droga – quais são precisamente os efeitos colaterais? Essa área entre o prazer e o desconforto é onde Black Mirror, minha nova série dramática, está situada. O “espelho negro” do título é aquele que você irá encontrar em cada parede, em cada mesa, na palma de cada mão: a fria e brilhante tela de uma TV, monitor, smartphone.”

A terceira temporada já foi confirmada e sai ainda esse ano. Estou extremamente ansiosa e achei que uma obra de arte como essa merecia ser compartilhada e divulgada. Dê uma chance, não espere finais felizes ou falas fofas, vai ser chocante, mas vai te fazer pensar, e pensar muda o mundo, né não?! Um enorme beijo e até a próxima.

                                     Onde me encontrar? Facebook Instagram | Youtube

2 comentários:

  1. Senti tanto sentimento na descrição dessa série que me sinto na obrigação de assisti-lá!
    Beijos Vic
    www.desencana.com

    ResponderExcluir

Publicidade

SheIn -Your Online Fashion Sexy dresses

Publicidade

Romwe Fall Coats

Publicidade

Subscribe