6.11.15

A mídia social é ou não uma farsa?


Nessa semana vimos por todos os cantos a história da blogueira australiana, Essena, uma garota de 18 anos, bem sucedida, com milhões de seguidores nas redes sociais que resolveu expor para o mundo como é a vida “da garota dos sonhos” por trás das câmeras.  

Essena resolveu mudar o nome da descrição da sua conta do Instagram para “Social Media Is Not Real Life” (Mídia Social Não é a Vida Real) mudando, assim, as legendas de algumas fotos, contando o que realmente acontece por trás das câmeras, como por exemplo, o tempo que levou para clicar e editar a foto, o valor aproximado de quanto ganhou para fotografar com tal roupa... Além de excluir cerca de 2 mil imagens. Tudo isso com um único objetivo: mostrar para o mundo, que a tão sonhada vida de blogueira que tantas garotas sonham em ter, não existe. Tudo que vemos nas várias mídias por aí é uma farsa.  

Vendo isso por aí e por pedido da Vic, hoje vim dissertar um pouco sobre, pois é um assunto muito comentado e que muitas de vocês devem ter pontos de vista diferentes e já devem ter lido mais várias outras opiniões como eu também li.  

Bem antes de toda essa polêmica incluindo a famosa blogueira, todos nós um dia já ouvimos que a vida virtual, é muitas vezes falsa e essa ideia progride cada dia mais. Acho que antes de qualquer argumento é importante visar sobre isso. Não falando somente da vida das famosas blogueiras, mas visando no geral, nem tudo o que vemos hoje nas mídias, principalmente na internet, é real. Já pararam pra pensar sobre isso? Dizendo em um linguajar mais popular, muitas são as pessoas que fingem ser o que não são, porque em uma rede de comunicação seria diferente?! É bem complexos se formos parar para pensar em todos os detalhes e levantar hipóteses para todos os casos possíveis, mas de maneira geral é isso. Se ela sempre achou que isso era uma vida falsa, por qual motivo escolheu isso pra vida dela? Por conhecimento e fama? É, talvez. Mas acho que ela deveria ter pensado mais sobre isso antes de tomar esse rumo para vida dela, temos uma coisa chamada livre arbítrio, e são para momentos assim que o utilizamos, visando que a vida dela, a partir do momento que fez toda essa exposição, virou de cabeça pra baixo, muitas portas irão se fechar e o julgamento pode ser doloroso. Também tem a hipótese de ela ter feito isso somente pelos “5 minutinhos de fama” mundial, pois toda sua polemica repercutiu pelo mundo todo. Mas fazer isso para ter um sucesso temporário, será que vale mesmo a pena? 

Apenas de tudo, acredito que a atitude dela foi um tanto quanto ousada e eu, particularmente, gostaria de saber o que passou na mente dela para que ela tirasse a conclusão de que deveria fazer isso. Afinal, para alguém como ela, fazer uma escolha dessas, sabendo o que poderá acontecer, é algo extremamente enlouquecedor. 


Antes de vir escrever levantei algumas hipóteses e cheguei a uma conclusão simples: Dinheiro não é tudo. Para que sucesso, milhões de seguidores, status se não é possível ter bem estar social? Pra quê tantos holofotes se o que se deseja não é possível? Para que viver assim, se o eu interior não está contente e você sente que está vivendo uma mentira? Talvez ela começou a se sentir sufocada, por esconder para seus leitores o que realmente acontecia na vida dela. Já conhecemos casos de sufocamento como o de Bruce Jenner, pai das famosas Kendall e Kylie Jenner. Muitos andam julgando a tal garota, mas poucos pensaram nisso não é mesmo? Muitas vezes as pessoas explodem e precisam mudar, tomar atitudes drásticas, que podem provocar diferenças. Nós fazemos isso constantemente, mas como são “pessoas públicas” o alvoroço é maior.  

Vi muitas blogueiras, muitos sites, dizendo sobre o caso e também é mais que justo mostrar o lado delas, nunca tive contato com a vida e a correria, portanto não poderia dar minha opinião diante o assunto. Mas o que eu pude perceber é que muitas garotas acharam atitude dela infantil, há aquelas que disseram que não é uma farsa viver a vida que vivem, só postar fotos bem produzidas, “vender likes” ou algo relacionado. Farsa é fazer o que Essena fez, mudar legendas, não expor a publicidade, não dar retorno, julgar todos, fazer da vida dela uma farsa e o principal, julgar e discriminar, além de mediocrizar empresas que ajudaram ela a crescer. Como a Vic mesmo disse “Acho que ela fez tempestade em copo d’água. É fato que compartilhamos o melhor da nossa vida, ninguém vai querer lembrar ou expor momentos ruins. Se as pessoas acham que o que compartilhamos é tudo de nossas vidas, do nosso dia a dia, é um erro que elas cometem. Minha vida é editada sim, não vivo em um big brother. Mas isso não quer dizer que o que eu compartilho seja uma farsa, é extremamente real, na verdade. O erro foi dela em tornar sua vida uma farsa por dinheiro e fama. Acho que ela está sendo hipócrita, a partir do momento em que, está vendendo roupas e a fama está crescendo em cima do acontecimento. É extremamente antiético da parte dela estar expondo empresas como ela fez, sendo que por anos, foram essas empresas que a bancaram.”. 

Concordo com o que a Vic disse e ainda acrescento que relevando tudo que foi dito anteriormente, as redes socias tem sim, seu lado ruim, mas contraditoriamente tem o lado bom também, redes sociais como Instagram não foram criadas no intuito de mostrar as coisas ruins, os dias tristes e tudo mais, pelo contrário, foram criadas para mudar a vida de muitos usuários e compartilhar a alegria. Pode parecer simples demais, mas uma imagem bem produzida, feita com amor, tem suas consequências boas, pode mudar o dia de alguém. E a partir do momento que Essena fez o que fez, ela degredou uma profissão que parece ser fácil, mas que requer atenção, esforços e preparo como qualquer uma, além de mostrar pontos positivos como se fossem negativos. Não é uma mentira uma pessoa posar para uma foto usando uma vestimenta que foi paga para usar, este é o trabalho dela, como as de modelos, certo? Realmente, o que ela fez foi uma tempestade em copo d’água e mesmo dizendo tantas coisas sobre, eu ainda não conclui o que ela realmente quis com tudo isso, as hipóteses são muitas e estou a todos ouvidos para conhecê-las. As questões são: Cansaço ou transtorno psicológico? A mídia é uma farsa ou ela que se tornou uma? Valeu mesmo a pena jogar tudo pro alto pro uma atitude hipócrita e antiética?  

São perguntas que vão ficar por aí, para que vocês respondam, o post ficou um pouco grande, mas espero que gostem e quero saber se querem mais posts como esses, dizendo sobre algumas coisas que aconteceram e tal, sugestões são sempre bem vidas e espero ansiosamente pelo retorno de vocês, okay? E ah! Uma pequena observação, os posts que eram todas as quintas agora serão todas as sextas. Beijos, até semana que vem <3  

Um comentário:

  1. Observando toda essa história da Essena, o que parece é que ela entrou nessa onda de internet APENAS por dinheiro. Ela viu outras pessoas ganhando coisas, viagens, dinheiro e tal e achou que podia fazer isso também. MAS, ninguém consegue levar adiante uma farsa mesmo, ninguém consegue fazer para sempre algo que não gosta só pelo dinheiro. Chegou uma hora que ela percebeu que dinheiro não é tudo na vida e resolveu jogar tudo pro ar, mas não é justo incluir todas as outras pessoas da internet nesse barco, né?
    A vida nas fotos é editada? É! Cada um mostra o que quer e honestamente, nem eu e nem ninguém quer ver coisas ruins, eu abro o instagram para ver fotos bonitas, bem tiradas e editadas. E não, não acredito que a vida da pessoa se resuma a uma foto por dia que ela posta ali, temos a consciência de que é um ser humano por trás daquilo e a essência dele é muito mais do que ganhar 2 mil para tirar uma foto. Sabemos que tudo isso dá trabalho e é justo SIM ganhar dinheiro com isso, assim como as pessoas fazem comerciais de TV oras.
    Acho que se ela percebeu que essa vida não é para ela, OK, mas incluir todo o resto nesse barco não é legal!
    Beijos,
    a mesma essência ❤

    ResponderExcluir

Publicidade

SheIn -Your Online Fashion Sexy dresses

Publicidade

Romwe Fall Coats

Publicidade

Subscribe