31.10.15

Questionamentos são nossos melhores amigos


Vocês já viveram aquela fase clichê da vida? No qual você escuta a musica que você escolheu para ser sua, mesmo que o significado dela não faça sentido para você, mas que é capaz de mudar seu humor totalmente, te deixar pensativa e te fazer questionar sobre tudo e todos? Que te faz querer retornar ao passado ou simplesmente apertar um botão e ver como será o futuro? De fazer você querer saber como será daquele instante a diante. Se aquele esforço, aquela decisão que em breve será tomada fará a diferença na sua vida e que todos os pensamentos, conselhos, choros, insônia, irão valer a pena?!

Bom, acho que a maioria já passou por isso, certo? Eu não nomeio isso como uma fase clichê da vida, não dizendo sobre mim, particularmente. Eu tenho momentos assim todos os anos, principalmente nos finais. Como por exemplo, a partir de agora, nesses três últimos meses. É hora de sentar e pensar se todos os esforços, toda luta, toda conquista e todos seus itens da “Lista de Metas a Cumprir” foram feitos. Sou a única que tenho essa mania? (espero que não).

Estamos em certo ponto do ano que só se pensa em vestibulares, futuro, rumo para dar a vida. Mas, também, é momento para você rever atitudes feitas e não feitas para tentar mudar e concluir tudo que foi traçado. Além de já pensar no que fazer no ano seguinte.

Esses momentos parecem ser muito melancólicos e depressivos, mas, só parecem mesmo. Se for parar para pensar, tudo que foi mencionado acima só foi criado por você para tentar mudar, se tornar uma nova pessoa e concertar erros.


Nós, seres racionais e sentimentais, precisamos de constantes questionamentos. Desde bem pequenos, antes mesmo de sabermos falar direito, já nos questionamos sobre tudo e todos. Já pensou como seria o mundo se não houvesse essa forma de comunicação? Que mundo parado seria?! Estou falando de um questionamento diferente, mas mesmo assim há uma semelhança com todos os outros. Questionamento sobre si mesmo é essencial à vida, sem esse meio, não faria sentido viver, não é mesmo?

Grandes filósofos acreditavam que a melhor forma de ensinamento era através dos questionamentos e devo admitir que concordo com eles. Através das perguntas nos conhecemos mais e conhecemos o próximo também. O saber questionar é um ato incrível e de tamanha eficácia.

Acredito que, conhecemos melhor nosso eu interior através de perguntas simples, pois através delas criamos debates e argumentamos sentimentos e crenças que muitos nem sabíamos que tínhamos.

Então é isso, o post hoje ficou bem pequenininho, mas acho que deu pra passar a mensagem. Já se questionaram hoje? Já parou pensar como foi seu ano e o que ainda falta para ele ficar perfeito? Não? Ta esperando o que? Viva! Questione! E cresça. Pois assim serão os novos gigantes da história!

2 comentários:

  1. Adorei o texto, Gi. Eu me questiono sobre tudo o tempo todo, haha. Beijinhos <3

    www.brigadeirodeepanela.blogspot.com

    ResponderExcluir
  2. Eu ainda não tinha entrado nessa fase, Gi, mas estava ouvindo "aquela música" aqui e já comecei a pensar sobre esse último ano, sobre tudo o que aconteceu, sobre o que eu quero que aconteça. E isso é muito bom, dá aquela sensação de que a mudança aconteceu e vai acontecer sempre <3
    Adorei o seu texto, ficou perfeito!
    Beijos de luz!
    Sem ser Blasé

    ResponderExcluir

Publicidade

SheIn -Your Online Fashion Sexy dresses

Publicidade

Romwe Fall Coats

Publicidade

Subscribe