18.9.15

Sonhos e suas complexidades


Alguém por aqui já parou para pensar ou já se perguntou sobre os nossos sonhos? Já pensou por que sonhamos ou como sonhamos? Pra quê sonhamos? Acho que todo mundo já se fez as perguntas anteriores, pelo menos uma vez na vida. E se você já se perguntou, mas não pesquisou sobre e sempre quis saber, hoje “explicarei” um pouco, além de dar minha opinião.  

Particularmente, eu gosto muito desse assunto, pois é muito amplo e acho que é possível ter uma discussão legal e espero o feedback de vocês. E também espero que vocês compreendam muito mais do que irei dizer aqui, pois não sou nenhum profissional no assunto, okay? Vamos lá?! 

Bom, de inicio eu procurei duas significações, uma básica encontrada no dicionário e outra um pouco mais complexa, que é mais levada para a área da psicologia e psicanálise. E essas são, respectivamente: (1) Fenômenos psíquicos que involuntariamente ocorrem durante o sono, aquilo com que se sonha (2) A experiência subjetiva que aparece na consciência durante o sono e que, após o despertar, chamamos de sonho é, apenas, o resultado final de uma atividade mental inconsciente durante este processo fisiológico que, por sua natureza ou intensidade, ameaça interferir com o próprio sono. Ou, ainda mais, uma chave valiosa para nosso autoconhecimento e bem estar. E hoje, pretendo dizer um pouco das duas já que é possível concilia-las. 

Eu digo que sonho é muito mais do que o simples fato de que você dorme e tem visões, relances e imagens na sua cabeça, mesmo que sejam “aleatórias”. Sonhos, como já foi dito anteriormente, quer descrever o seu eu. É ter o autoconhecimento e talvez, bem estar. Porque defendo tal afirmação?! Bem, já parou para pensar que em seus sonhos, na maioria das vezes acontece aquilo que sempre desejou e sonhou conscientemente? Seja uma viagem, um momento com uma pessoa, uma ‘vingança’, um acontecimento, que no final nos faz bem? Nossos sonhos refletem somente aquilo que já dissemos ou imaginamos e que ficou na memória, no nosso inconsciente. Ainda não concorda com isso? Veja bem, irei descrever uma passagem por alto e você irá se imaginar nela.  

Está você e seus amigos em uma social, sai um assunto aleatório na qual você sempre desejou realizar (seja bom ou ruim). Vocês comentam muito sobre e você fica pensando aquilo, por horas e horas. E depois de um longo espaço de tempo você se distrai com alguma outra coisa ou até mesmo esquece, mas tudo fica ali, no seu inconsciente, guardadinho. Passa um dia, dois, três... Uma semana, um mês até que você sonha. E qual será seu sonho? Provavelmente, aquele assunto do dia da social e com complemento daquilo que sempre quis. Acertei? 

Agora concordam com o que eu disse? Somente sonhamos com aquilo que desejamos. Sonho = Desejo. Nossa idealização, nossa vontade e curiosidade nos leva a isso. E pensando em todos os estudos já feitos, tudo que já foi dito e comprovado, esse é um assunto capaz de nos deixar de cabelo em pé, mas isso é bom, porque quando sonhamos, sejam eles, dormindo ou no nosso dia a dia, temos vontade de seguir em frente e viver. Pois o que move o mundo e a nossa vida pessoal é apenas isso, a vontade de querer mais.  

E para aqueles que acham que sonhar é besteira, se enganam, pois eles, além de qualquer coisa, são capazes de descrever aquilo que você é, aquilo que você sente e acredita. Digo isso considerando aqueles sonhos malucos em que procuramos nexo mas não encontramos, aqueles em que nos perguntamos o porquê e não encontramos resposta, mas uma coisa é certa e já foi comprovada: sonhos são reflexos inconscientes do que um dia já foi consciente. Portanto não achem que seus sonhos não fazem sentido, aparentemente não fazem, porém, sonhos são a liberdade para seus desejos mais oprimidos.  

Por hoje é só… Digo apenas para que sonhem, pois isso pode te fazer uma pessoa melhor. Tome cuidado para que não se iluda e sofra futuramente. Sonhar é preciso para viver e para se conhecer mais. Então, já sonhou hoje?  



5 comentários:

Publicidade

SheIn -Your Online Fashion Sexy dresses

Publicidade

Romwe Fall Coats

Publicidade

Subscribe