10.9.15

Momentos ruins todos nós temos

Acredito que pelo menos uma vez na vida alguém já teve dias ruins e sabe o quão estressante e desgastante isso é. Há diversas maneiras de interpretar esses ‘dias ruins’, sejam eles, motivos pessoais, anseios, insegurança, questionamentos, indecisões, sofrimento, indiferença ou simplesmente nada, isso mesmo, nada!  

Admitam. Quem nunca teve aquela sensação de que não deveria ter acordado, teve aquele desejo de voltar no tempo só para conferir se “levantou com o pé direito”, ou teve aquela vontade louca de fugir para algum lugar e gritar, e até mesmo, se desligar do mundo, dormir e acordar somente no mês seguinte? É engraçado dizer isso, mas você que já passou por isso e achou que estava enlouquecendo, não se descabele!

Vocês terão que concordar comigo que é muito ruim acordar e não sentir a vontade que normalmente se tem de viver, fazer o que gosta ou ficar com quem se ama. É algo incômodo quando alguém vem falar com você e sua indiferença toma conta e não se rende assunto ou você simplesmente acha que o melhor é deixar a pessoa no “vácuo”. É um sentimento tão vazio ao te perguntarem como você está e/ou o que está acontecendo e você se fazer a mesma pergunta, e ficar nisso até você acordar e ver que esse ciclo teve um ponto final. Normalmente, isso acontece (no caso das mulheres) em períodos menstruais. Onde tudo e todos fazem questão de nos irritar, mesmo fazendo nada, e o mundo conspira para que esses dias só tomem conta do nosso eu. Concordam?  



Mas... E os homens? Não sentem isso? É claro que sentem. Sentem por motivos que nós, mulheres, também sentimos. Quer saber como? Digo que é através do resultado do “nosso inconsciente remetendo ao nosso consciente”. Assim, vem aquela dúvida: “Como isso, Giovana?” Simples. Freud já defendia a convicção da existência do inconsciente como a) Um receptáculo de lembranças traumáticas reprimidas b) Um reservatório de impulsos que constituem fontes de ansiedade, por serem socialmente ou eticamente inaceitáveis para o indivíduo. Assim, defendia que às forças do inconsciente motivavam o comportamento humano, ou seja, a mescla dessas duas subdivisões é o resultado do que quero explicar. Sem ao menos percebermos ou lembrarmos, nossas lembranças são arquivadas no subconsciente e ao passar do tempo esses arquivos são remetidos nos trazendo  angustias e fazendo com que tenhamos atitudes que não sabemos explicar. O nosso inconsciente, de acordo com Freud, existe para isso, guardar memórias e depois nos impulsionar a fazer coisas sem saber o porquê. Nosso inconsciente nos impulsiona a termos ‘perturbações emocionais’ de forma disfarçada, através de sonhos, lapsos ou até mesmo, dias ruins.  

Quando acordamos mal sem saber o motivo, sem ter motivos para que isso aconteça, tudo que acabei de dizer faz sentido, estamos sofrendo apenas consequência de memórias que deixamos guardadas e esquecidas, sejam elas atuais ou de muitos e muitos anos. Aprendi também, que dias ruins são consequências de memórias tristes, e digo isso a partir de uma frase que escutei uma vez “A tristeza não tem fim, a felicidade sim.” Nós ficamos felizes? Ficamos, mas é passageiro, por mais que você diga que é uma pessoa feliz, sempre, por um dia que seja, haverá um ponto que sua tristeza retornará e isso é normal. E ainda bem que somos assim, todos nós precisamos ter essas controversas da vida, para termos enfim, o equilíbrio que buscamos.  

Então, finalizo o post de hoje, dizendo que, momentos assim todos nós temos, não se desespere, não ache que está enlouquecendo ou que não terá solução para esse pequeno grande problema. Não deixe que isso consuma seu dia, ou sua semana, pense que tudo isso, vai passar. Tenha força de vontade e lute. Está se sentindo assim? Respire fundo e comece a fazer o que gosta, mesmo que não tenha vontade, desabafe, converse, ou melhor, tente realizar algo que sempre teve vontade ou deixou a algum tempo de fazer, acredite, essa sensação ruim vai passar e você nem irá perceber.

3 comentários:

  1. Otimos texto...belas palavras..nao devemos perder tempo c coisas ruim...a vida e bela

    ResponderExcluir

Publicidade

SheIn -Your Online Fashion Sexy dresses

Publicidade

Romwe Fall Coats

Publicidade

Subscribe