16.5.14

Profissões | Medicina


Quem me acompanha nas redes sociais sabe que eu estou sempre entrando em colapso com a escola, sei que isso é uma fase e tudo dará certo no final, o "problema" é que no final eu terei que escolher a profissão que supostamente exercerei durante a vida inteira. Para ajudar vocês que se encontram na mesma fase que eu e para me ajudar, decidi abrir mais uma tag aqui no blog, todo mês teremos um profissional ou estudante falando sobre sua profissão por aqui. A primeira profissão, é medicina, não podia ser diferente já que sempre foi minha profissão dos sonhos, conversei com a Daniela Mendes de 21 anos que está no seu quarto período e mandou um recadinho "Se é mesmo seu sonho, não desista... mas se for fazer, que faça por amor."


Por que você decidiu cursar medicina? Você sempre teve certeza da sua escolha?
Eu nunca pensei em fazer outra coisa além de medicina. Desde quando eu era bem novinha, 6-7 anos, falava que ia ser médica. Eu brincava de ser a médica das minhas bonecas e do meu cachorro, escrevia receita, essas coisas. A única vez que eu duvidei de verdade se medicina era a profissão certa para mim foi no meu primeiro período de faculdade. Aconteceu tanta coisa, e por falta de confiança, comecei a pensar que eu não era boa o suficiente. Eu ainda tenho esse medinho as vezes, mas tenho certeza absoluta que eu estou fazendo o que eu amo.

Como você se preparou para o vestibular?

Eu sempre fui estudiosa, mas nunca estudei para o vestibular, estudava só para as provas etc. Disso eu me arrependo. No terceiro ano eu fiz cursinho, mas estava muito distraída com outras coisas, e mesmo que eu tenha estudado bastante, confesso que não foi meu foco. No ano seguinte, fui fazer um cursinho voltado para medicina. Eu tinha de 7 a 11 aulas por dia, aula de sábado, simulado de redação toda sexta e simulado todo sábado, estudava de 3h a 5h por dia depois da aula, e no domingo, estudava 8h por dia. Eu SÓ estudava, eu fiquei tão estressada que tive que tomar remédios para ansiedade, foi meu pior ano no vestibular. No ano seguinte fui para um cursinho mais tranquilo, assistia só as aulas das matérias que eu tinha dificuldade (exatas), montei meu próprio roteiro de estudos, para ir no meu ritmo e estudei muita coisa por conta. Fiz aulas particulares de redação. 4 meses depois, passei em 10º lugar no vestibular.
Quais são, na sua opinião, as características que uma pessoa deve ter para cursar medicina?

Empatia é a coisa mais importante. Você precisa saber se colocar no lugar dos outros. Mas eu também acho essencial: paixão pela profissão, dedicação, determinação, paciência, confiança, fé, um coração enorme, resiliência, humanidade, compaixão. E você não precisa ter tudo isso agora, tudo isso você vai aprendendo na faculdade também.


Quais são as partes negativas e as positivas do curso de medicina?  

Ser médico é a melhor profissão do mundo. Essa é a parte positiva. Numa parte mais cientifica, as disciplinas são muito interessantes, eu gosto de aprender sobre medicina, sobre o funcionamento do corpo, sobre as doenças, sobre os tratamentos, sobre a saúde. Eu gosto de estudar e gosto da rotina agitada. Mas a melhor parte mesmo, é o contato com os pacientes. É dificil explicar se você não viveu isso, mas é muito gostoso pensar nas pequenas diferenças que você pode fazer na vida de alguém. O quanto um pequeno ou grande ato seu pode mudar na vida de uma pessoa. O médico não cura, ele alivia o sofrimento. Qualquer tipo dele, e meu objetivo é esse: tornar a vida das pessoas melhores. Fazer a diferença, nem que seja minima. E poder fazer isso é a melhor parte.
A parte ruim é a pressão. É o estresse, e o contato com o sofrimento. Não sei se já pararam para pensar o peso que tem nas mãos de um médico: uma decisão e você altera a vida de uma (ou muitas) pessoas para sempre. Para melhor ou parar pior. Dá medo isso. O estado da medicina e da saúde no Brasil é triste demais. Ver as pessoas doentes é também muito difícil. Infelizmente tem um descaso muito grande com a saúde no Brasil e as pessoas morrem por causa disso todos os dias. Também é dificil lidar com o cansaço. Eu fico cansada o tempo todo, e isso só piora. É ruim também sentir que não vai dar conta de tudo que eu tenho para fazer, porque não dá para dar conta. Mas eu sempre digo, é uma balança, o lado ruim x o lado bom, e eu ainda acordo todo o dia feliz, o que para mim quer dizer que o lado bom compensa.
O curso atendeu as suas expectativas ou é muito diferente do que você imaginava?

Eu nem sei direito o que eu esperava, hahaha. Eu acho que atendeu muito sim minhas expectativas em relação a profissão. Tem coisas que claro, que eu nem imaginava. As partes mais chatas normalmente são burocráticas: problemas com professores, com o curriculo, com a saúde no Brasil. Isso as vezes decepciona. Tem matérias que também surpreendem. Sim, todo mundo sabe que vamos estudar anatomia, e até bioquímica mencionam as vezes, mas também aprendemos todas as doenças. Aprendemos medicina do trabalho, como funciona o SUS, epidemiologia das doenças. Eu acho que medicina é muito mais amplo do que dá para imaginar, muita coisa eu nem sonhava que se aprendia. Hoje eu tive aula sobre a vigilancia sanitária - e tem médicos que trabalham com isso, e é por isso que temos que aprender. Eu não imaginava como funcionava aprender sobre cada uma das doenças, sinais, sintomas, alterações no organismo, tem a parte de como funciona cada medicamento. É MUITA coisa.

Quais são suas metas profissionais?

Eu quero fazer residência em psiquiatria e abrir uma clinica especializada em transtornos alimentares, porque esse é meu assunto preferido. E também quero fazer trabalho voluntário relacionado a psiquiatria, porque doença mental é algo muito desconhecido ainda pela população, e muita gente sofre sem saber que tem, sem entender o que está acontecendo (e sempre que tem um paciente, tem a família também, então são muitas pessoas afetadas). E eu quero ajudar essas pessoas que não tem conhecimento nem acesso a médico ou a tratamentos e que tem suas vidas muitas vezes destruidas. Eu não sei se to viajando muito, mas quando eu penso no meu futuro profissional, são nessas duas coisas que eu penso.


Sei que o post ficou bem comprido, mas as respostas da Dani foram tão gostosas e apaixonantes que as li várias vezes, então presumo que apesar do tamanho não tenha ficado cansativo. Quero que vocês digam a profissão que tem curiosidade de saber, para que eu possa correr atrás de alguém que esteja disposto a conversar com a gente. Espero de coração que vocês tenham gostado :) Beijinhos amores


Me acompanhem na redes sociais:

17 comentários:

  1. Amei! Apesar de medicina nunca ter sido meu sonho, é uma profissão muito bonita e que respeito demais. O próximo podia ser sobre Turismo, Direito ou Psicologia. ><

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bom que vc gostou amore... vou anotar suas dicas, pode deixar :) beijão

      Excluir
  2. Vic, adorei a ideia dessa Tag! Também amei as respostas da Dani haha. E como ela falou tem que ter dedicação e paixão, não só pra medicina, mas pra tudo o que vc for fazer. Queria dar uma sugestão para a próxima profissão: Psicologia! É o que pretendo fazer ano que vem na facul, se Deus quiser. Bjão ♥

    counting-stars-blog.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. com certeza, em tudo que vc faz deve existir paixão e dedicação <33 ebaa, mais um votinha para Psicologia hahah beijos jaque

      Excluir
  3. Depois do colegial as responsabilidades só aumentam
    Beijos
    http://segredosdacahlima.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  4. Oi Dani, adorei a tag. To no ultimo ano de jornalismo e adoraria falar sobre o assunto caso queeira :) beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bom que vc gostou da tag, adoraria conversar com vc... Tem como deixar um email ou algo assim? Obrigada, beijão

      Excluir
    2. Oi Dani, me manda um email priscila.cjss@gmail.com vou adorar conversar com voce!!
      Beiijoss :)

      Excluir
  5. Nossa Vic, tava precisando de uma ajuda dessa. No meu estado, ou melhor na minha cidade eu creio que não tem muita gente ou quase ninguém que trabalhe ou estude relações internacionais, anota aí meu pedido :DD
    Obrigada e beijão Vic, adorei a matéria!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fico muito feliz em saber que estou ajudando... Já está anotado, a profissão mais votado vai aparecer por aqui mês que vem <33 beijoooos Tha

      Excluir
  6. Amei! Estamos quase lá e acho muito importante ouvir a opinião de quem está vivenciando pessoalmente. Agora tem certeza sobre medicina? hahaha.
    Para o próximo eu gostaria muito se fosse sobre arquitetura ou publicidade(minhas dúvidas no momento).

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É super importante e serve pra vc ver se aquilo é o que vc gosta.... Ainda não, mas tenho certeza que será algo na area de saúde!! Sugestões anotadas Jo <33 bjss

      Excluir
  7. Oi Vic tudo bem? Amei a iniciativa! Estou no terceiro ano e também tenho um projeto desses na minha escola, onde levo profissionais de diversas áreas para que respondam as perguntas da galera.. Eu acho super bacana! Bom, gostaria que o próximo tema fosse Arquitetura e Urbanismo.. Bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Nat, tudo otimo e com vc? Na minha escola também tem palestras assim, adoro ir em várias e ouvir o pessoal falar sobre o que faz, foi dai que surgiu minha ideia :)) Anootado

      Excluir
  8. Adorei a TAG, a entrevista e a Dani... Nossa, realmente é um curso super apaixonante mas por outro lado requer muita responsabilidade! E se Deus quiser será meu curso em breve (espero) hahah! E a minha sugestão é para falar sobre Direito (minha outra opção) Bjs Vic!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É completamente apaixonante, fiquei super encantada com as respostas hahaha Duas profissões incriveis vc tem como opção, mas espero que vc seja mto feliz no que escolher... Mais um votinho pra direitooo <3 bjss Liza

      Excluir

Publicidade

SheIn -Your Online Fashion Sexy dresses

Publicidade

Romwe Fall Coats

Publicidade

Subscribe