12.5.13

Confidences: Uma carta para mim mesma

Large

Como andam as coisas? Eu estou passando por uma pequena turbulência no momento, mas já já passa, sei disso. Me conta uma coisa só e prometo não perguntar mais nada sobre meu futuro, conseguimos realizar tudo que sempre sonhamos? Não, deixa pra lá, não quero saber, quero descobrir sozinha....Só desejo com todas as minhas forças que você já conheça cada pedacinho de Paris. Mas eu quero saber de você, se você continua a mesma ou se a vida te forçou a mudar.

Você costuma ser uma menina bem confusa agora, tão confusa que nem você mesma se entende, principalmente quando o assunto em questão é amor, ou seja lá qual for o nome disso, mas apesar de toda essa confusão você tem uma opinião formada sobre o mundo e a sociedade, ou quase. Tem muitos sonhos, muitos desejos, muitas metas de vida e medo de assumir compromissos. Ainda continua assim? Espero que tenha conseguido mudar tudo aquilo que te incomoda agora, apesar de tudo isso te fazer ser quem é. 

Espero que você ainda escreva, afinal você sempre se orgulhou de fazer isso não é mesmo? É o seu ponto de paz, é só no meio das palavras que você consegue pensar melhor e nunca alguém conseguiu substituir um bom conjunto de parágrafos. Ainda costuma ler livros com a mesma velocidade e com a mesma intensidade? Também torço para que a resposta seja sim, era para aquelas páginas que você corria quando precisava de um tempo da realidade lembra?

Você se casou? É realmente feliz? Se sim, realizou o seu casamento do jeito que sempre quis? No momento você sonha em ser feliz com alguém que você ama, o casamento deve ser no campo, como naqueles filmes americanos, com cadeiras brancas e flores no mesmo tom, você vai descer de uma carruagem em um vestido digno de princesa e ver todos sorrindo em sua direção, mas apenas um sorriso vai realmente importar.

Ainda não sabe a faculdade que quer seguir, mas espero que você esteja feliz com sua decisão, não importa qual tenha sido. Tenho curiosidade pra saber se ainda mora no Brasil, nesse bairro pequeno de São Paulo e ainda tem problemas com a sociedade dele. Como andam os adolescentes agora? Aqui eles gostam de beber, se drogar e ainda acham que estudar não importa, acham que por possuírem pais ricos seu futuro está garantido, espero que pelo menos isso tenha mudado, junto com o governo e com o resto da população.

Espero que agora seja mais fácil pra você demonstrar sentimentos, principalmente aqueles que você tanto valoriza, torço para que a mamãe esteja orgulhosa, que você seja a melhor amiga do seu irmão e que você consiga dizer e demonstrar tudo o que sente. Imagino que tenha errado muito, caído muito, sofrido muito, mas aprendido muito também e que agora é outra mulher. 

Não me espere, siga sua vida, seja feliz, qualquer dias desses, talvez daqui a alguns anos eu apareça em sua caixa postal novamente, mas nunca se sabe acho que agora você é alguém com uma vida corrida agora, e eu ainda sofro de bloqueios criativos na hora de escrever. Nossa, para uma primeira carta eu até que escrevi muito, tenho sorte por você não ter preguiça de ler. Um enorme beijo, com os mais bonitos desejos de felicidade de você mesma, alguns anos mais nova.

4 comentários:

  1. Seu Blog é lindo! adorei mesmo fofa! :D

    http://princessjujube.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Sem palavras para definir a pessoa que você é... E com certeza.. Sempre será!

    http://papo-retoo.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. ai sua foofa! muito obrigada viu xuxu? hahaha beijaao

      Excluir

Publicidade

SheIn -Your Online Fashion Sexy dresses

Publicidade

Romwe Fall Coats

Publicidade

Subscribe