27.9.16

Diário de uma blogueira: como produzir bom conteúdo?

Reprodução: we heart it

O segundo post da mini série "Diário de um blogueira" está no ar, com um post por semana dou diversas dicas para você que quer criar um blog ou aperfeiçoar o que você já tem... No primeiro post falei sobre divulgação e gastos inicias, perdeu e ficou curiosa? Clique aqui. Hoje nós vamos falar sobre, literalmente, o nosso trabalho: produzir conteúdo. Mais especificamente, como produzir um bom conteúdo, que seja sua maior forma de divulgação e prenda o público

De onde tirar inspiração? Depende também do que você escreve, mas para qualquer tipo de conteúdo a melhor inspiração que você tem é a sua própria vida. Preste atenção nas coisas ao seu redor, no que você faz, no que suas amigas falam, assistem, fazem e por aí vai... Já tirei muito conteúdo de dúvidas que eu mesma tinha e de coisas que minhas amigas comentavam em conversas normais no nosso dia a dia... Quando o bloqueio criativo chegar, larga a tecnologia e vai viver, porque a vida é sempre a nossa melhor fonte de inspiração (tá bom, tumblr, pinterest, instagram e we heart it também ajudam hahahah). 

Uma das minhas melhores dicas é algo que eu trago comigo desde o momento em que coloquei meu blog no ar. Eu só escrevo no meu blog, o que me faria parar em outro blog pra ver, por que? Vivemos a era da tecnologia, onde tudo é muito rápido e raramente temos paciência para parar por muito tempo em uma única coisa, quando algo nos prende e nos faz ficar curiosas a ponto de ler algo que consuma nosso tempo, significa que isso é realmente muito bom. Escreva coisas que provocariam esse sentimento EM VOCÊ! Antes de postar algo, se pergunte: eu leria esse post? 

Estude e leia sobre o assunto em questão, principalmente quando é um texto informativo e não baseado na sua opinião. Existem posts que falam sobre mim e sobre a minha opinião, o que é super legal, afinal essa é a ideia original dos blogs, mas também existem posts que eu faço para informar algo, nesse caso eu não posso escrever simplesmente o que eu acho! Já fiquei dias pesquisando um único assunto, lendo artigos, sites oficiais, só para escrever um post concreto que realmente passasse uma informação confiável! Muita gente pode ler o que você escreve e pior, muita gente pode ser influenciada pelo que você escreva, escreva com consciência. 


Coloque o máximo de informação que puder nos posts, para qualquer assunto que for abordado. Um exemplo? Você vai falar sobre tendência X, a ideia não é apenas dizer que algo é tendência, mas trazer looks inspirações com a peça X, dizer onde comprar, com o que usar, onde surgiu a tendência e por aí vai... Informações rasas a gente encontra em qualquer lugar hoje em dia, você vai se diferenciar se trouxer algo completo e útil.  

Dê preferência para ilustrar os posts com fotos próprias. Isso faz muita diferença pra mim como leitora, blogs que ilustram posts com suas próprias fotografias me prendem muito mais do que aqueles que fazem todos os posts ilustrados com imagens tiradas do google. Isso porque a graça do blog está na pessoalidade, quanto mais a sua cara os posts e o seu blog tiverem, mais público ele vai conquistar. Quando a gente entra em um blog quer se sentir próxima ao escritor, afinal, se fosse diferente leríamos revistas. 

"Mas eu não tenho uma câmera fotográfica profissional", então seja criativa: tire a foto do lado de fora da sua casa, onde a luz é infinitamente melhor, faça uma composição legal e uma foto diferente. Nem só de qualidade de imagem uma fotografia vive! "Mas é impossível fotografar algo que ilustre esse post", está tudo bem pegar a foto da internet de vez em quando, mas fique de olho na qualidade de imagem, se a foto combina com o seu estilo e é claro, com os direitos autorais. 

Por último mas não menos importante: cuidado com erro de português e excesso de gírias. Eu preciso admitir que não consigo acompanhar blogs que possuem muitos erros de português, muitos emojis ou gírias. É normal errar, eu erro frequentemente por falta de atenção, mas é diferente errar as vezes e errar feio a cada frase que você escreve... O próprio blogger possuí corretor, ele grifa de vermelho se a palavra estiver errada ou faltar algum acento, mesmo assim bateu a dúvida de como escrever algo ou do que a palavra significa? Corre pro google, que ele sempre vai te ajudar (hahaha).

Na próxima semana nós vamos falar sobre como ter um bom layout, como mexer no blogger e deixar o seu blog a sua cara sem gastar muito dinheiro. Sugestões sempre são bem vindas, é só comentar aqui em baixo e eu farei o possível para te ajudar! Beijos e até mais...


Onde me encontrar? twitter | instagram | facebook

23.9.16

Batons líquidos: Dailus x Vult

número 14 VULT x Marsala DAILUS

Oi gente, tudo bem por aí? Hoje o post é sobre maquiagem, em especial um item que virou febre, todas as marcas fizeram e todo mundo quer todas as cores: batom líquido. Eu não tenho muitos, por enquanto, mas os que eu tenho são de marcas diferentes e por que não comparar a qualidade entre eles? Peguei os dois que possuem preço e acessibilidade parecidos, Vult e Dailus, e comparei em diversos quesitos: aplicação, textura, cobertura, duração e preço. Vem ver o veredito! 

Aplicação

O aplicador da Vult é bem menor e mais fino que o da Dailus, que é mais gordinho e preenche um espaço bem maior a cada passada. Qual é melhor é bem relativo, tem gente que prefere menor pois dá maior precisão e outros preferem maior pois preenche o lábio mais rápido. Nesse quesito, não tenho preferência.

Quanto a secagem, o da Vult demora muito mais que o da Dailus para secar, é até um pouco incomodo porque enquanto o da Dailus começa a secar depois de alguns segundos, o da Vult demora minutos até finalizar o processo. O problema dessa demora é que você precisa cuidar por mais tempo para não juntar ou esfregar seus lábios, o que mancha qualquer batom líquido. 


Marsala | Dailus

Textura

Ambos são matte mas a textura na boca é bem diferente. O batom da Vult é muito confortável nos lábios, você quase esquece que está de batom, o que raramente acontece com batom líquido, depois de seco ele toma uma textura quase aveludada.

O batom da Dailus é realmente bem seco, e com o decorrer do tempo você sente o produto esturricado nos seus lábios. É essencial o uso de um lip balm antes da aplicação do batom líquido, por ser bem seco, ele pode marcar nas linhas e deixar à mostra aquelas pelinhas feias. 


Cobertura

Essa é uma reclamação que eu vejo frequentemente sobre os batons líquidos da Dailus, eles não possuem uma cobertura muito uniforme. É claro que isso piora ou melhora de acordo com o tom do batom, afinal, tons escuros são mais difíceis de aplicar, mas já consegui perceber que ele é mais ralo e precisa de mais cuidado para ficar com o mesmo tom no lábio todo.

Enquanto o da Vult com certeza vence essa disputa, por causa da textura aveludada, ele é um pouco mais grossinho e até pegando pouco produto no aplicador ele consegue cobrir de forma uniforme o seus lábios. Ele se espalha muito bem!


Número 14 | Vult

Duração

Pra mim esse é o item que desempatada e torna o batom líquido da Dailus o meu favorito. O batom da Vult por ter uma textura bem confortável nos lábios dura muitíssimo pouco, são poucas horas sem beber ou comer nada. A cor vai sumindo até seus lábios ficarem só com o contorno do batom e as vezes nem isso. É necessário se acostumar com a ideia de retocar várias vezes por dia! 

Enquanto o da Dailus dura literalmente o dia todo, fiz o teste de sair para a faculdade às 10h30 e voltar às 19h00 sem retocar nenhuma vez e ele não sai quase nada. É claro que a cor fica um pouco menos intensa no interior dos lábios, mas quem olha pra você não percebe. A duração desse batom chega a ser impressionante! 

Preço

O preço é muito bom para ambos, as duas marcas possuem preços populares e bons produtos. Nisso eles realmente estão lado a lado, paguei 21 reais nos dois, mas você encontra com preços até melhores em algumas lojas. 

O meu favorito é realmente o da Dailus, por um único quesito: a duração. Uma das coisas que mais me incomodam em um batom é ter que aplicar várias vezes durante um dia, então passar o dia todo com um batom e no final ele ainda estar lá, pra mim bate qualquer outra coisa. Por isso o veredito é muito pessoal, qual é o item que mais pesa na sua decisão? 


Onde me encontrar? twitter | instagram | facebook

22.9.16

Dá um Help: dicas de looks, timidez e grosseria



Para enviar o seu pedido de ajuda, sobre moda, maquiagem, relacionamentos ou vida pessoal, é só enviar um email para "amantederimel@hotmail.com" com o assunto "Dá um help".

Lidar com a vergonha

"Como lidar com a vergonha de ficar ou se aproximar de um garoto? Eu tenho 15 anos e nunca beijei por vergonha. Vários garotos ja pediram pra ficar comigo mas eu nunca quis porque eu sinto MUITA vergonha. Meu coração acelera mais que o normal e parece que eu vou morrer, minha mão começa a pingar de suor, e ai eu sempre dou um fora no garoto, as vezes ate eu quero ficar mas não consigo :( Tem um crush na minha escola e eu podia me aproximar dele, mas quando alguma das minhas amigas chama ele para perto de mim meu coração parece que vai a 10000 batimentos pro hora, é surreal! Também não quero ficar perdendo oportunidades de ficar com alguém que eu quero por ter tanta vergonha sabe? Nao sei lidar :("

Já parou para pensar que talvez o problema não seja simplesmente vergonha? Muito dessa timidez é resultado de insegurança, reconheça a sua. Problema de auto estima? Medo de não saber beijar? Uma frase que eu gosto muito e já me ajudou em diversas situações é: "Às vezes tudo que você precisa são de 20 segundos de uma coragem insana. Literalmente 20 segundos de bravura destemida. E eu lhe prometo, algo maravilhoso virá disso.", significa que quando ele estiver do seu lado, você só precisa de 20 segundos entre o seu raciocínio e o esse medo louco para dizer algo a ele. Na minha opinião, só se perde a vergonha fazendo o que te deixa nervosa, você vai ter que dar a louca e brigar consigo mesma mana. 

 Dicas de looks

"Vic, eu gostaria de dicas de looks "casual chic" pro dia a dia, sabe? Nada muito colorido, porém mais estiloso, se tiver shorts jeans entao <3"


Tudo o que vem a minha mente quando penso em uma composição "casual chic" é o conceito high low, que basicamente consiste na mistura de peças finas/chiques com peças casuais/simples/básicas. Essa mistura toda vai te oferecer exatamente o que você quer, essa composição que a gente olha e acha que a pessoa está super arrumadinha, mas observando a fundo percebe que tudo é bem simples. Eu escolhi algumas fotos que representam bem o que eu estou tentando dizer, tem mistura de blazer com tênis, salto alto com jeans, shorts com camisa, saia bordada com camisetão e por aí vai... 



Como parar de ser grossa? 

"Da um help Vic. Como parar de ser grossa? Ultimamente todo mundo me fala que eu sempre sou muito chata e grossa, que eu não tenho dó das pessoas sabe? Se alguém pergunta uma coisa eu vou e falo na lata sabe? Eu não penso antes se aquilo vai deixar a pessoa triste…. E eu nunca me incomodei com isso pq é o meu jeito e eu gostava de mim assim, só que agora eu acho que ta me prejudicando! Eu gosto muito de algumas pessoas mas agora eu sinto que elas não gostam tanto de mim pela minha grosseria e eu AMO gente gentil (quem nao ne? hahah). Eu tento ser, mas sabe quando você nao consegue fazer algo? Eu sinto cada vez mais que tenho que mudar isso,como eu vou viver, sendo a sincerona o tempo todo? Sei la, acho que algumas pessoas não gostam de gente sincera 100% do tempo, e eu tenho medo de me prejudicar em trabalho, em relacionamentos e coisas assim..."

Eu me identifiquei demais com a sua história, porque já passei por isso uma vez... Se isso realmente te incomoda você precisa descobrir o motivo dessa grosseria toda, vou me dar como exemplo: eu tive uma fase assim, era muito grossa, fria e chata, hoje eu percebo que era daquele jeito porque morria de medo de me magoar, por isso eu impedia que as pessoas se aproximassem e dessa forma era mais difícil de me decepcionar com alguém. Se esse é o seu caso, a real é que a gente vai se magoar e se decepcionar MUITO, mas não tem nada de errado nisso, nada de errado em sentir, a tristeza nos ensina muitas coisas que a felicidade não ensina. Perceber o problema é o primeiro passo para desconstruí-lo! 



 Onde me encontrar? twitter | instagram | facebook

21.9.16

Minha PLAYLIST brasileira!

Essa semana só tivemos um vídeo, devido a minha cruel e profunda TPM que tira toda e qualquer vontade de viver (kkk), e dessa vez eu nem estou sendo dramática... Contei qual é a minha playlist brasileira do momento, são dez músicas super diferentes umas das outras que não saem do meu fone de ouvido!
DÁ O PLAY!



Onde me encontrar? twitter | instagram | facebook

Publicidade

SheIn -Your Online Fashion Party Dress

Subscribe