17.5.17

O que eu fiz no meu cabelo?

Fotografia por Ylane Duparc

Nessa foto, eu tinha acabado de testar o futuro lançamento da L'oreal Pro e muita gente me perguntou nos comentários do instagram o que eu tinha feito no cabelo, como fiz esse efeito sereia, como deixei tão brilhante e até questionaram se eu havia pintado... Como eu não posso contar muito sobre o produto, vou compartilhar o que o cabeleireiro fez para finalizar o meu cabelo, que é uma parte super importante do processo. 
Babyliss Pro na Lady Hair
Após enxaguarmos todo o produto, fizemos uma escova bem soltinha, digna de salão de beleza e fizemos os cachos de sereia. O truque fica por conta do equipamento utilizado, nada de babyliss, usamos uma chapinha. Pra ela dar o efeito desejado, ela precisa ser fininha e bem quente, como essa da marca Babyliss vendida na Lady Hair Professional, que inclusive possui as bordas arredondadas, para facilitar o processo dos cachos. O meu cabelo já é "claro" e possui algumas mechas naturais, o que acontece é que com o calor da chapinha e do secador, essas cores acabam se destacando. 

Eu gosto muito de mudar, de me ver diferente de tempos em tempos, saí da progressiva porque me sentia presa por ela, pelo processo, que durava quase 6 horas, e pelo padrão de beleza, que dizia que meu cabelo natural era feio. Essa foi a melhor mudança que a transição capilar me trouxe, liberdade para ser eu mesma e quem eu quiser ser, quando eu bem entender. As vezes de cabelo liso, as vezes de babyliss, as vezes (e quase sempre) com minhas ondinhas/cachos, mas sempre livre (tipo o absorvente rs).

Mas não podemos esquecer de cuidar dos nossos fios né?! Mudanças são boas, desde que elas não nos afetem de maneira negativa. É sempre importante lembrar que produtos que aquecem o cabelo, danificam os fios, por isso, evite usa-los com frequência se quiser fios saudáveis e não esqueça do anti-térmico antes de fazer o penteado desejado. 

Onde me encontrar? Youtube Instagram | Facebook

15.5.17

Obrigada Paris

           

O chororô começou quando o mapa da telinha do avião indicou que já estávamos sobrevoando território Francês. Me imaginei vivendo exatamente aquele momento, diversas e diversas vezes e chorei na mesma quantidade, só por imaginar. Subi a janela, que permaneceu fechada durante todo o trajeto, o avião estava baixo e eu já conseguia ver o interior da França, com os grandes terrenos cobertos por plantações. Terrenos planos, quase nenhuma montanha ou colina. Senti as lágrimas molharem meu rosto, eu não conseguia acreditar, realizei o maior sonho da minha vida, aos 19 anos, como fruto do meu trabalho na internet. 
         
Os primeiros dias foram estranhos, eu não reagia, meus olhos e o meu cérebro não pareciam estar ligados, eu me cutucava "você finalmente está aqui, você está em Paris", mas a ficha não parecia cair, tudo parecia um sonho turvo. Até o último dia de trabalho, até eu dizer adeus às pessoas que me acolheram de uma maneira linda mesmo tendo me conhecido à dois dias atrás, eu cheguei no hotel e chorei, pois a gratidão era grande demais para caber em mim. Mas a ficha só caiu, quando eu parei em frente à Torre Eiffel, exatamente três dias depois que pousei na cidade que me movia. Foram os cinco dias mais lindos que eu vivi, os mais mágicos, mas principalmente, os que mais me fizeram crescer. Obrigada Paris, por ser a minha motivação, antes, durante e depois de você. 

Onde me encontrar? Youtube Instagram | Facebook

9.5.17

Ideia de presente para o DIA DAS MÃES

Ilustração por Maria Carter

O Dia da Mães já é esse final de semana, e eu não sei vocês, mas eu sempre fico muito na dúvida do que comprar e no final da contas acabo não dando nada... Pra te ajudar, vim sugerir um item super legal e multi uso de uma loja especializada em presentes criativos, ou seja, você pode achar que essa indicação não tem nada a ver com a sua mãe, mas tenho certeza que você vai encontrar algo que tem na Gorila Clube.

Os porta rolhas são ótimos pra decoração e é claro, para guardar lembranças. É claro que seu objetivo inicial é guardar as rolhas das garrafas de vinho tomadas em momentos especiais, mas já pensou que ele pode servir da maneira que você quiser? Por exemplo, seria muito bacana dar pra sua mãe, um porta rolha com diversas fotos da sua infância, ou sugerir que todo dia ela escreva em um pequeno papel um motivo pelo qual ela é grata, e coloque dentro do porta rolha, tornando-o um porta gratidão.  Seja criativa! 

Onde comprar? Clique aqui

Onde me encontrar? Youtube Instagram | Facebook

24.4.17

O ano do verde


Não sei se tem uma ligação com a Pantene e a famosa cor do ano, já que publicidade é uma coisa louca que toma o seu inconsciente antes mesmo de você perceber a propaganda, mas o verde tomou conta da minha mente, logo eu, que nunca fui conscientemente fã de verde. É, conscientemente. Se você me perguntar qual é a minha cor favorita, verde será a minha última escolha, a não ser que o substantivo seja composto e me aproxime do azul, vulgo verde água. Toda vez que minhas fotos possuíam predominância verde, não eram postadas nas redes sociais, fugia das árvores e procurava o cinza, urbano sempre foi minha preferência.

Até que eu percebi. Todas as vezes que a escolha é inconsciente, minha mente corre pro verde. Disseram uma vez que para comprar um catador de sonhos, você precisava escolher aquele que mais te atraiu, adivinhem? Verde. É só entrar na minha pasta de decoração do Pinterest, e adivinha? PLANTAS e mais plantas, cheias de verde. Ganhei um anel de aniversário, com uma pedra verde, meu namorado me disse que se eu preferisse outra pedra poderia trocar, e eu fui checar as outras opções, e adivinhem uma última vez?! Optei por continuar com a verde.

Será que tem alguma área da astrologia que consiga entender isso? Por que apesar de tudo, dizem que arianos são vermelhos por natureza. Vai entender.

Onde me encontrar? Youtube Instagram | Facebook

Publicidade

SheIn -Your Online Fashion Sexy dresses

Publicidade

Romwe Fall Coats

Publicidade

Subscribe